FANDOM


King Edgar Hotel é um projeto especial da Andross Editora, uma antologia para autores especialmente convidados. Os organizadores são Lara Luft e Alfer Medeiros. Cada história irá se passar em um dos quartos do sinistro hotel.

Home1

King Edgar Hotel

O Projeto
Editar

O projeto começou a ser comentado durante o 5º Livros em Pauta. A ideia era que os contos da antologia tivessem ligações entre si gerando um livro orgânico onde personagens interagissem entre si, todos compartilhando o mesmo cenário.

SinopseEditar

Você se hospedaria em um antigo hotel onde a camareira não tem braços, o mensageiro não tem olhos e o recepcionista aparenta ter idades distintas dependendo da hora do dia? Você ousaria pernoitar em um lugar cujo regulamento interno é estranhamente diferente de tudo o que você já viu? Muitos mistérios rondam o King Edgar Hotel. Fique à vontade para visitar os 21 andares deste lugar, que é a expiação dos pecados para uns, o inferno para outros e uma lembrança macabra para todos os que por ele passaram.

CapaEditar

Kingedgar

King Edgar Hotel

A capa foi criada por Rafael Victor, inspirada no famoso edifício Martinelli em São Paulo.

Personagens FixasEditar

A História do HotelEditar

O King Edgar Hotel fica no terreno do antigo Colégio Católico Santo Augusto, cuja fundação aconteceu em 1890, no centro de São Paulo. A respeitada instituição de ensino viu acontecer uma misteriosa debandada no ano de 1937, e consequentemente foi obrigada a fechar as portas por falta de alunos;

  • Em 1941, o industrial norte-americano Edgar Koontz, considerado um rei dentro de seu segmento, comprou o imóvel por um preço muito abaixo do mercado, visto que a má fama originada nos eventos de 1937 havia afastado compradores potenciais, deixando o antigo colégio em estado de total abandono; Koontz optou por demolir o prédio, porém precisou se dedicar a outros empreendimentos no exterior e deixou as obras paradas por alguns anos;
  • Quando, em 1947, Edgar Koontz resolveu prosseguir com um ambicioso e improvável projeto de construção de um poço de petróleo no local, acabou por ser internado a pedido de sua esposa, Shelley Rice Koontz. A alegação apresentada foi de que o senhor Koontz não tinha domínio de suas faculdades mentais. Mais uma vez, o imóvel foi abandonado;
  • Edgar Koontz morreu de tuberculose em 1952. Howard, seu filho mais velho, decidiu utilizar o terreno herdado para colocar em prática um sonho: projetar e construir um hotel. Para viabilizar tal obra, convenceu o irmão Phillip e o amigo Alan Straub a se juntarem a ele na empreitada. Os filhos resolveram homenagear o pai nesse projeto, dando o nome do pai e a alcunha de "rei" ao empreendimento. Surgiu então o King Edgar Hotel.

Regulamento de HospedagemEditar

  • Não há horário de check-in e check-out. Os hóspedes não precisam fazer cadastro ao chegar, nem aguardar a checagem do quarto para deixar as dependências do hotel.
  • Os veículos devem ser estacionados na frente do hotel, e as chaves entregues na recepção. Garantimos a integridade dos automóveis, e estes somente serão retirados do estacionamento por terceiros caso o proprietário não possa fazê-lo.
  • Os hóspedes pagam somente uma diária, no momento da chegada, independentemente do tempo que permaneçam.
  • As chaves dos quartos vagos, com seus respectivos números, estão disponíveis no quadro ao lado do balcão da recepção, e podem ser escolhidas pelo hóspede. Essa escolha é importante, pois cada quarto possui decoração interna única, correspondente ao estilo do chaveiro, e não transferimos o hóspede de acomodações.
  • Somente há serviço de quarto para os hóspedes que o solicitarem.
  • Os quartos possuem isolamento acústico. Não há multa por dano de patrimônio do hotel
  • Caso precise de toalhas, roupa de cama ou sacos plásticos extras, basta solicitar na recepção.

AutoresEditar

Já estão confirmados os autores Lara Luft (co-autora em Sonhos Lúcidos), Amanda Leonardi (co-autora em Post Mortem), Maurício Kanno, Mauricio R B Campos, Marcelo Aceti e Jony Marcondes .

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.