FANDOM


Yellow-king.jpg

Ilustração de Zlayerone

O livro O Rei de Amarelo (The King in Yellow) foi lançado em 1895 pelo escritor norte-americano Robert W. Chambers.

ResenhaEditar

O Rei de Amarelo faz alusão a um livro dentro do livro – mais precisamente, a uma peça teatral fictícia – e seu personagem central, uma figura sobrenatural cuja existência extrapola as páginas. Pouco se sabe a respeito do texto original em dois atos, exceto que seus leitores são levados à loucura, condenando sua alma à perdição. Um risco a que alguns aceitam se submeter, dado o caráter único da obra, um misto irresistível de beleza e decadência.

O livro fictício O Rei de Amarelo aparece em quatro dos dez contos reunidos na coletânea. Os outros seis contos alternam entre o sobrenatural e a realidade, em épocas e geografias diferentes. A introdução e as notas do jornalista e escritor Carlos Orsi, um dos autores publicados na antologia americana Rehearsals of Oblivion, clássico tributo a Robert W. Chambers, ajudarão novos leitores a mergulhar na bem-construída mitologia do autor.

Yellow-sign.jpg

The Yellow Sign

InspiraçõesEditar

Muitas obras tem sido elaboradas com base na chamada mitologia amarela criada por Robert W. Chambers, entre elas:

  • True Detective - série televisiva de mistério da HBO, temporada 1 (2014).
  • The Yellow Sign - Filme

A mitologia amarela foi apropriada por apreciadores do trabalho de HP Lovecraft, sendo possível encontrar RPGs onde Hastur é um irmão de Cthulhu, sendo representado com tentáculos.

Veja tambémEditar

Ligações ExternasEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória